Estilo vintage: como montar looks incríveis com peças cheias de história

05/09/2018
1 vote, average: 5,00 out of 51 vote, average: 5,00 out of 51 vote, average: 5,00 out of 51 vote, average: 5,00 out of 51 vote, average: 5,00 out of 5 (1 voto(s) - Média: 5,00)

A moda muda a cada ano, a cada estação ou tendência, mas ela sempre volta. Quem nuca ouviu a avó falar que na época dela colete, calça pantalona ou flare e botas de verniz estavam na moda? Abrimos as revistas e lá estão: as mesmas peças da década de 60, 70 ou 80. Por que então não aproveitar a tendência de grandes décadas e revivê-las anos depois, com novos cortes, cores e tecidos, mas com o mesmo mood?

Mas como montar looks incríveis com peças cheias de história e misturá-las com as atuais que usamos no dia a dia? Como usar peças clássicas sem perder o ar moderno e cool? Se você tem dúvidas de combinações e referências, nós te ajudamos. Confira abaixo!

Um pouco do conceito estilo vintage

O termo vintage refere-se ao que é “passado”. Por isso, é usado no mundo da moda da mesma maneira. Na versão fashion, o vintage refere-se à peças usadas nas décadas de 30, 40, 50, 60, 70 e até 80 e que marcaram as passarelas.

As peças são a base do vintage, ou seja, mesmo quando misturadas com peças atuais e modernas, as vintages devem determinar o estilo da roupa e chamar mais atenção. Elas compõem o look, lembre-se disso!

O mix de informações pode existir, mas sempre em harmonia e sem parecer demasiado. Outra dica é: não utilize todas as peças vintage em um único visual, pois pode parecer que você apenas colocou roupas antigas do armário da sua avó.

A diferença entre vintage e retrô

Uma grande diferença entre moda vintage e retrô é que o vintage é a peça marcante que sempre volta. É aquele look elegante e bonito de anos atrás, que ressurge e é usado atualmente sem nenhum problema.

Retrô trata-se de recuperar o velho para chamar a atenção, mas com a proposta de recriar um look completo. O estilo não tende a misturas como o vintage e costuma fazer alusões às pin-ups dos pés à cabeça, usando vestidos rodados, lenços, bolsas pequenas e sapatos bonecas no estilo década de 30.

Como usar o estilo vintage com suas peças

O vintage pode chegar de forma mais branda através de tecidos, estampas e cortes. A tendência do momento é usar roupas de vinil, calças, saias, shorts e até botas, por exemplo. Isso não é novidade e são peças clássicas e vintages, super charmosas e elegantes para o closet.

Quando falamos de estampa, por exemplo, que tal a pied de poule? Muito famosa na década de 30, a estampa ressurge em vestidos, casacos e até sapatilhas. Que tal um look todo preto, com um casaco da estampa? Vintage e super cool, não é? Ou então sair a noite com uma estampa vintage e uma calça de couro preto: moderno e estiloso.

Outra dica é usar peças modernas, mas com modelagem vintage. Blusas bem largas, saia midi envelope ou até mesmo kimonos. Mesmo com estampas modernas e cores da última estação, possuem modelagens e cortes mais old school e remetem ao vintage.

Dicas valiosas para arrasar

Uma das dicas essenciais para usar o estilo vintage é abusar dos acessórios versáteis, como lenços e óculos.

Um lenço pode ser usado no pescoço com um nó, em um estilo década de 50 ou 60; se amarrado na bolsa em uma das alças, remete ao estilo de 70. Se o lenço for comprido, pode amarrá-lo no cabelo como uma faixa ou até mesmo como um cinto de um vestido.

Outro acessório bacana para se ter é um óculos vintage. Opte por aquele que mais combina com seu rosto. Modelos como gatinho, com as pontas alongadas, redondos ou até mesmo de formatos, como coração e espelhados, remetem à moda dos anos 70, 80 e são super cool.

Se gostou das nossas dicas, vamos ajudar você ainda mais. Leia o nosso outro artigo do blog sobre peças dos anos 80!