Vestido ou macacão: poucas peças, grandes negócios

25/06/2019
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto)

Você só precisa de um deles para fazer o look. Ou seja, em dias de pressa, quando você não pode pensar muito sobre composições, mas ainda assim quer um resultado incrível, eles salvam o dia.

Macacões e vestidos, afinal, garantem sempre um ar arrumado – e grande parte deles pode frequentar os mais variados ambientes com simples trocas de acessórios. Também dá para valorizar a silhueta com a ajuda deles e brincar com composições e layers – se quiser incrementar. Mas, sinceramente? Nem precisa.

Saiba como e quando usar peças que resolvem qualquer dilema:

Macacão branco

Quer fazer a musa chique? Essa é a peça. Macacão branco é sofisticação na certa. E o modelo reto favorece vários biótipos. O fato de ter uma cor única também ajuda: alonga a silhueta. Já o zíper frontal adiciona uma certa rebeldia, um ar esporte.

No trabalho: use com salto e bolsa neutros (pretos ou nudes).

Na festa: coloque uma sandália de salto fino branca ou metalizada e grandes braceletes.

No dia a dia: vá de tênis. Cool e chique ao mesmo tempo.

No momentinho fashion: tênis bem esportivos, mochila e parka amarrada na cintura.

Macacão feminino longo branco

Macacão jeans

Parente da jardineira, bem utilitária, ele é mais feminino, sem que perca o caráter versátil. A lavanderia média deixa a peça despojada, porém elegante, e o comprimento cropped adiciona modernidade.

No trabalho: use com um sapato do tipo masculino (mocassim, Oxford). E com uma bolsa carteiro ou mais quadrada – eles vão contrabalancear o shape romântico.

Na festa: suba no salto! Ankle boots em materiais nobres, clutch, joias. E make tudo.

No dia a dia: mais fácil, impossível. Tênis e até chinelo caem bem em fins de semana. Bolsas de palha idem.

No momentinho fashion: botas cuissardes sobre a calça, deixando propositalmente um volume nas coxas.

Macacão jeans feminino cropped e bolsa

O vestido midi

Curinga, esse comprimento vai a todos os lugares! E pode ser extremamente fashionista, retrô ou apenas comportado. Porque peça boa é aquela que tem muitas funções, não é mesmo? Para completar, esse modelo tem a cor da temporada: verde oliva.

No trabalho: use com ankle boot de camurça e se sentir necessidade jogue um blazer de alfaiataria por cima. Sugestão: brancos e cinzas.

Na festa: sandália de salto fino e acessórios dourados. O salto, além de sofisticar, vai alongar a silhueta, evitando o receio de achatá-la com esse comprimento.

No dia a dia: rasteiras e bolsas de palha.

No momentinho fashion: sandália de salto grosso com meia. Ou coturno, ecoando a moda militar de um jeito feminino.

Vestido midi verde militar

O vestido com animal print

Quando o assunto é estampa, flores e bichos não podem ficar de fora. Nem por isso, precisam ser usadas em peças clichês – tipo estampa animal no casaco de inverno. O vestido com animal print com fundo azul, por exemplo, é ótima saída para um visual contemporâneo. E uma peça única, vamos lembrar…

No trabalho: combine com escarpim preto, blazer oversized e bolsa tote em material chique (píton fake é uma boa brincadeira com a estampa).

Na festa: bota de camurça de cano alto + batom vermelho.

No dia a dia: tênis flatform jeans.

No momentinho fashion: óculos espelhados, tipo de neve, tênis branco ou escarpim com meia ¾.

Vestido animal print com cintura marcada com cinto

Pronto! Um look incrível com uma peça e pequenos truques de styling.