Alto Verão Damyller: jeans e vanguarda!

04/12/2013
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto)

Já viu como o jeans se transforma conforme os movimentos populares ao longo dos anos, reservando sempre uma característica superatual?

Os anos pós 1950 ficaram conhecidos por um grande ‘roubo’ na moda. As mulheres roubaram do vestuário masculino o modelo jeans cigarrete. Divas do cinema, como Hepburn, Monroe e Bardot (♥), popularizaram o modelo que até hoje alonga a silhueta e pode ser usado com diversos calçados, sem perder a elegância.

Estilo

A mais musical de todas as décadas foi palco de Beatles, do Festival de Música Popular Brasileira e de Woodstock. Em 1969, o modelo flare, sucessor do jeans boca-de-sino, se originou, mantendo a herança: amplo da cintura à coxa, de onde fica mais larga em direção à barra. O shape fica lindo quando usado com saltos altos e pesados!

Style

Ao contrário do que muitos pensam, não foi só o jeans boot cut que causou na década de 70! Patchworks e bordados tomaram conta dos modelos flare e reto, conferindo mais personalidade e atitude a quem os usava.

Combine o seu jeans com peças básicas e minimalistas, já que a calça já apresenta uma boa dose de informação de moda.

Jeans-Wear

Roupas supercoloridas e de cortes exagerados permeavam o cenário fashion da década de 80. Com o jeans não foi diferente! Além de cores mais intensas, ele tinha o cós alto, ficando popularmente conhecido como cintura alta. Atualmente ele volta com tudo e remodelado: com o cós um pouco mais baixo e efeitos estonados de tingimento. E para usá-lo, basta uma camisa, blazer boyfriend e scarpins.

Damyller-Jeans-Wear

O ano de 1990 foi como um espelho: refletiu a herança rebelde do movimento punk da década de 70. E o jeans foi uma das principais ferramentas de difusão do estilo, pois vestia as supermodels, ícones de beleza e comportamento, com um excesso de desgaste e puídos, que manifestavam no vestuário as características do movimento.

O estilo voltou à tona, com linhas e cortes retos, que, se usados com peças clássicas, deixam qualquer produção sexy e elegante!

E aí, diz pra gente: qual década tem mais influência no seu closet?